ESTUDO:“LIVRA-TE, SALVA A TUA VIDA, NÃO OLHES PARA TRÁS, NEM PARES EM TODA A CAMPINA; FOGE PARA O MONTE, PARA QUE NÃO PEREÇAS”:

                                                 LIÇÕES DA VIDA DE LÓ

                                                                                  Texto Bíblico: Gn 19.1-38
INTRODUÇÃO: A vida de Ló traz grandes lições para nós hoje. Sobrinho de Abraão, este homem ambicioso e ganancioso acabou se separando do convívio do Tio e foi viver em Sodoma e Gomorra cidades cujo pecado despertou a ira de Deus. A luta espiritual para salvar a vida de Ló e sua família, começando pela oração intercessória de Abraão, nos mostra quanto é difícil para um crente ouvir a voz de Deus quando se contamina com o mundo. Ló simboliza o crente carnal, tão comum em nossos dias e cabe a cada um de nós recebermos este estudo como advertência, com temor e tremor do Senhor. Vejamos o que podemos aprender para a nossa edificação espiritual.
1. O CRENTE CARNAL É APEGADO AOS VALORES TRANSITÓRIOS DO PECADO
 a) Na hora de separar-se de Abraão, Ló revelou ganância e apego às coisas materiais. Ló dava mais valor ao ter do que ao ser. Abraão não tinha apego à terra. O coração de Ló estava posto nas coisas materiais e não em Deus. Seus olhos se enchiam com as riquezas do mundo. Seu prazer não estava em Deus, mas no dinheiro. Ló perdeu o que cobiçou e Deus deu a Abraão toda a terra que Ló cobiçara 13:14-15.
b) Ló escolheu viver em Sodoma, a cidade condenada por Deus por sua iniquidade, perversidade e imoralidade. Armando sua tenda na cidade ele entrou no espírito que dominava aqueles povos e levou consigo toda a sua família. Para ele o status, o sucesso, a fama, a riqueza valiam mais do que a vida espiritual da família. Ló era um crente de fachada.
c) Ló se misturou e se envolveu. A Bíblia nos adverte em Tg 4:4 “Infiéis, não sabeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus?”. Há muitos filhos de Deus vivendo em Sodoma. Perderam seus valores espirituais. Estão mais entusiasmados com as riquezas do mundo do que com as glórias do céu. Estão mais fascinados com o brilho de Sodoma, do que com a glória de Deus.Ló foi rebocado de Sodoma, preso e espoliado. Abraão o libertou, mas ele voltou para Sodoma (14:12-14). Algumas pessoas não conseguem abandonar seus antigos hábitos ruins e vícios.

d) Ló tornou-se juiz da cidade, mas também se tornou conivente com as coisas erradas. Para muitos, ele estava prosperando: fama, dinheiro, prestígio e sucesso. Apesar do pecado da cidade aumentar a cada dia, Ló não orava, não era um intercessor, não testemunhava. Era um crente misturado,anestesiado espiritualmente. Ele não percebeu que o juízo de Deus estava prestes a cair sobre a cidade. Era um crente acomodado, dormindo o sono da morte entre os mortos espirituais. Nunca tivemos uma população evangélica tão grande no Brasil, mas, estamos fazendo diferença? Somos diferentes do mundo?
e) Ló vivia uma vida dupla. Quando os anjos de Deus chegaram: “ele se prostra com o rosto em terra”. Quando os libertinos e devassos sodomitas cercaram a sua casa para abusarem de seus hóspedes, ele os chamou de “meus irmãos”. Ló queria ficar bem com os dois lados. Mas os sodomitas descobriram esta estratégia de Ló e o chamaram de “estrangeiro”.  Triste coisa é fazer concessão ao mundo. O mundo tem faro para saber quem não pertence a satanás. Ainda que fraco e carnal Ló não pertencia à Sodoma e Gomorra.
g). Ló perdeu o referencial de moralidade pelo seu envolvimento com o mundo, vs 7,8.  Para evitar uma tragédia, ele estava disposto a agir de forma tão ruim quanto os moradores de Sodoma. Estava agindo de forma amoral. Este tipo de comportamento é característico do crente carnal. Quem se comporta assim prova que a sua mente está completamente cauterizada. Há muitas pessoas que se dizem evangélicas e que se comportam de forma pior que os ímpios.
2. O CRENTE CARNAL ESTÁ MAIS INTERESSADO NA PROSPERIDADE DO QUE NA SALVAÇÃO
a). Ló casou-se com uma mulher que amava mais as coisas do mundo do que a Deus e que não era convertida. O coração da sua mulher estava arraigado em Sodoma. Ela amava a riqueza e não a Deus. Ló não ministrava à sua esposa nem orava com a família. Ele depois de libertado das mãos dos conquistadores voltou para Sodoma e para lá levou a sua família. Ló não ajudou a sua mulher a crer na Palavra de libertação que o anjo lhes trouxe.
b). Apesar de juiz na cidade, Ló não era sacerdote do seu próprio lar. Ló era homem de prestígio na cidade, cuidava dos problemas dos outros; mas não orava com a família, não ensinava as coisas de Deus para a sua família. Muitos lares hoje estão em crise. Morreu o culto doméstico. Não há comunhão ao redor da mesa. A TV e a Internet ocuparam o altar da família.
c. As filhas de Ló namoraram e se casaram com homens que não temiam a Deus. Abraão mandou buscar esposa crente para o seu filho Isaque. Ló permitiu que suas filhas namorassem homens ímpios. 
d) Ló não tinha autoridade para pregar para os seus genros. Quando ele lhes falava, os genros achavam graça, não levavam a sério a palavra dele. Talvez Ló nunca tivesse falado sério com eles. Por isso, não acreditaram agora. O problema de Ló era igual ao de muitos hoje - não viver o que se prega. Ele os mandou sair da cidade condenada, mas ele mesmo estava agarrado a ela. Só saiu porque foi rebocado pelos anjos do Senhor, por causa da intercessão de Abraão.
3. O CRENTE CARNAL VIVE A AMBIÇÃO E A GANÂNCIA DO MUNDO
a). Ló viu e cobiçou as campinas do Jordão, 13:10. Ele foi dirigido pelo olhar e não pela fé. Ele viu e desejou; viu e cobiçou. Sua ganância era maior do que a sua fé. Sua cobiça era maior do que o seu compromisso com Deus. Para ele o dinheiro era mais importante do que a santidade. Para ele a riqueza era mais importante do que a salvação da sua família.
b). Ló caminhou na direção da cidade do pecado, 13:12-13: “Ló nas cidades da campina, ia armando as suas tendas até Sodoma. Ora os homens de Sodoma eram maus e grandes pecadores contra o Senhor”. Ló não conseguiu ler as placas de perigo da estrada. Ele avançou todos os sinais vermelhos. Ele estava cego pelo desejo de sucesso. Ele foi perdendo sua sensibilidade espiritual, foi se misturando com aqueles que zombavam de Deus e já não sentiu mais tristeza por isso. A decadência moral de Sodoma era terrível: a) pervertida (Rm 1:26, 27); b) desavergonhada (em público); c) violenta (queriam abusar dos estrangeiros); d) obstinada (mesmo depois de cegos procuram a porta para atacar Ló); e) generalizada (velhos e moços).
c). Ló foi avisado por Deus – 14:12. Ele foi preso em Sodoma com toda a sua família. Seus bens foram saqueados e ele foi expulso de Sodoma pelos próprios inimigos. Esses acontecimentos eram avisos divinos que Sodoma não era o lugar para viver com a sua família. Mas por causa da conivência com o pecado, Ló não tinha mais discernimento espiritual.
d). Ló voltou com toda a sua família para Sodoma depois de ter sido retirado de lá, 14:16; 19:1. Ele envolveu-se mais fundo ainda com a cidade condenada, foi criando raízes em Sodoma. Agora como juiz passou a fazer parte da elite da cidade tendo que dizer a tudo o que essa elite determinava. Suas filhas namoravam com jovens da cidade. Sua mulher amava as riquezas e o pecado da cidade. O coração da família de Ló estava em Sodoma.
4. O LIVRAMENTO DE DEUS
a) Os anjos de Deus chegam em Sodoma para destruir a cidade porque lá não havia nem dez justos e apressaram Ló, mas ele demorou. Os anjos o arrastaram, o despejaram e finalmente tiraram Ló à força da cidade condenada. E quando já estavam fora da cidade, um anjo lhe disse: “Livra-te, salva a tua vida, não olhes para trás, nem pares em toda a campina; foge para o monte, para que não pereças”.
b) Não havia segurança para Ló onde ele estava. Se o crente carnal não sair da sua Sodoma, se não deixar o seu pecado, se não se converter, vai perecer. Não há segurança para nos pecados não perdoados. Na há esperança para quem quer viver a vivida como os moradores de Sodoma; ou o crente foge deste mundo tenebroso, da ira vindoura ou então morrerá nos seus pecados. A salvação não se perde, mas a pessoas que salva, o verdadeiro crente não vive flertando com satanás nem com o mundo. Não há salvação para quem não abandona os seus pecados. Não há salvação para o bêbado se não deixar a bebida. Não há salvação para o impuro, se ele não deixar a impureza. Não há salvação para o mentiroso, se ele não abandonar a mentira, não há salvação para o adúltero se ele não deixar o adultério. Quem é do Senhor procura ser santificado na Palavra e tem temor do Senhor.
c) Sair de Sodoma era algo urgente, 19.16. Não havia como argumentar. Deus iria destruir a cidade. Ficar em Sodoma é perder tudo: os bens, a família, os amigos, a própria vida. Ficar em Sodoma é perecer depois de ter sido avisado. A mensagem para Ló veio na última hora. Naquela mesma manhã que Ló saiu da cidade, ela foi destruída pelo fogo de Deus. Mais um dia em Sodoma seria tarde demais. Ló saiu de Sodoma na última hora. Foi salvo com cheiro de fumaça.
CONCLUSÃO: Ló só escapou da destruição por causa da fidelidade de Deus e pela intercessão de Abraão. Tudo aquilo em que Ló investiu na vida, pereceu: a)os seus bens ; b) sua  Família - sua mulher virou uma estátua de sal,seus genros viraram cinza e pereceram no juízo da cidade, suas filhas tornaram-se suas mulheres. Tornou-se avô de seus filhos e pai dos seus netos e a sua descendência – Moabitas e Amonitas foram um pesadelo ao longo dos séculos para o povo de Deus.  Ló amou o mundo e perdeu tudo, exceto a salvação, por causa da misericórdia de Deus. A vida de Ló é uma grande advertência para nós neste dias que antecedem a volta do Senhor Jesus. Precisamos cultivar a nossa vida espiritual e termos temor e tremor do Senhor. Há um aviso para nós também da parte de Deus. Estamos todos avisados do juízo de Deus sobre esse mundo tenebroso. Vamos sair de Sodoma para que não venhamos a perecer. SOLI DEO GLORIA.







0 comentários:

Postar um comentário