Artigo: O problema do crente beija-flor


Tenho me assustado com o número de crentes que não querem compromisso com Deus e com a Igreja.Eles são dotados de qualidades, cheios de talento,  mas não têm compromisso com Deus.  São os "turistas evangélicos", os eternos visitadores de igrejas,pessoas que nunca fizeram de sua Igreja o seu lar espiritual. Esse tipo de crente é chamado popularmente de crente beija-flor.Lidar com essas pessoas tão inconstantes é uma tortura para qualquer líder.

O crente beija-flor não quer compromisso com sua igreja, não possui um pastor, jamais foi discipulado. Vive numa corrida louca em busca da "voz de Deus". Sobe montes na tentativa de extrair uma "revelação". E, de tanto voar, termina engolindo insetos, aranha e infelizmente até sapos enormes, de difícil digestão.Como o beija-flor , eles param enquanto voam. Não avançam. Nunca prosperam. Não crescem. Jamais amadurecem.Estão sempre investigando, para saber onde cantores famosos cantarão, onde pregadores da mídia pregarão, onde bandas gospel se apresentarão.São desobedientes, patéticos e dignos de pena.
    
A Igreja Betel precisa de imitadores de Cristo: que não mudem de igreja quando houver mudança de pastor; que não deixem a sua congregação “como é costume de alguns”.Que nossa Igreja seja formada por homens e mulheres que sirvam ao SENHOR com fidelidade, compromisso e perseverança, sem jamais voar para trás, como faz o beija-flor. Sejamos alicerces, colunas na Casa de Deus. O Senhor nos dê a cada dia mais maturidade espiritual

0 comentários:

Postar um comentário